16 de agosto de 2016

Desterro tem quadra de areia não concluída

Parte do material é ilegal pois, blocos e ferragens, que deveriam ter sido usados na reforma do único prédio escolar do povoado foram utilizados aqui.

GENTIO DO OURO | Nos últimos dias do seu segundo mandato, sábado, 08/04/16, sinalizando apelo, o prefeito de Gentio do Ouro (BA), Ivonilton Vieira dos Santos, enviou à comunidade de Desterro, o (hoje) candidato a prefeito Hermilton de Amorim Júnior, com a promessa de construir ali, uma quadra poliesportiva. Mas a promessa foi enganosa, mentirosa e de cunho político.

 

Passaram-se quatro meses e, da prometida quadra (antes poliesportiva, e agora de areia), tem-se somente uma base mal feita, com parte do material de procedência ilegal pois, blocos e ferragens, que deveriam ter sido usados na reforma do único prédio escolar do povoado foram utilizados naquilo que seria uma quadra. Obra sem projeto, (sem licitação?), sem datas de início, e de conclusão.

 

No período de quatro meses (mais de 80 dias úteis), o pessoal contratado trabalhou somente 16 dias, por falta de material e ferramentas. E o mais grave: até o momento (16/08/16), parte da mão de obra contratada não foi paga. “Do dinheiro que tenho pra receber, só recebi 400 reais; prometeram pagar o restante daqui a 15 dias”, disse um dos ajudantes.

 

A comunidade, situada a 18 km da sede do Município, sofre as consequências de um ‘desgoverno’. Sem estradas, sem água potável, (os moradores aproveitam a água das chuvas, que é armazenada em cisternas, caixas ou tanques improvisados), sem um prédio escolar estruturado, Desterro arde sob um ‘sol’ impiedoso, restando, aos moradores, o sonho de ‘dias melhores’.

 

DA REDAÇÃO: O prefeito Ivonilton Vieira foi procurado (via rede social Facebook) para prestar esclarecimentos. A mensagem foi visualizada, mas sem resposta.