12 de julho de 2017

Famílias apostam na agricultura orgânica

FOTOS - Leidi Deterra | Apostando na terra, as duas mulheres resolveram cultivar uma pequena horta orgânica, ao lado de suas casas. Nas fotos: Daiane e Simone.

GENTIO DO OURO | Na busca de meios para contornar a crise que assola o Brasil, muitos despertam sem si, o lado empreendedor, criativo, aflorando ideias até então adormecidas. E é nos momentos de crise, de dificuldades que a maioria encontra respostas e soluções, a exemplo de Daiane Alves dos Santos, 28, e Simone dos Santos, 28, moradoras da comunidade Mineiro – município de Gentio do Ouro (BA).

 

Apostando na terra, as duas mulheres resolveram cultivar uma pequena horta orgânica, ao lado de suas casas. De lá, as empreendedoras arrancam parte do sustento da família, com a venda do que produzem. “Iniciamos plantando somente pro nosso consumo, aí um dos irmãos da Simone que tinha uma banca de verduras na feira nos convidou pra colocarmos a nossa ao lado da dele; pelo o fato de produzirmos de forma orgânica, sem aditivos químicos, a procura vem aumentando. Usamos somente a terra, água, esterco e bagaço de cana”, diz Daiane, contente com o que faz.

 

O cultivo de forma orgânica só veio a favorecer, pois devido ao marketing boca a boca, a venda da produção tem expandido por todo o Município. “Vem gente de todos os lugares do Município, inclusive o pessoal da eólica [funcionários de empresas de energia eólica]; hoje temos um pouquinho do básico como cenoura, alface, beterraba, coentro, couve, quiabo, tomate, repolho, abóbora e chuchu. Estamos testando a plantação de batatinha”, finaliza Daiane.